IGTV: o que esperar da plataforma de vídeos do Instagram em 2019?

O canal de "TV Postável" do Instagram promete alçar vôos mais altos neste ano que se inicia. Saiba como se preparar para explorar essa ferramenta em seus negócios.

Completados seis meses de uso, o IGTV – canal de vídeos do Instagram, ainda não caiu no gosto dos usuários e anunciantes. Afinal, será que essa aposta do Instagram vai se disseminar ou ficará pelo caminho como tentativas semelhantes de alcançar os usuários do YouTube, a exemplo do Facebook Watch?

Segundo estudos divulgados pelo próprio aplicativo de fotos e vídeos, a expectativa é que até 2021, o vídeo no celular seja responsável por 78% do tráfego total de dados móveis. Com a marca atual de 1 bilhão de usuários – em que cerca de 80% destes seguem o perfil de uma marca – o Instagram busca aproximar o público dos criadores de conteúdo com vídeos verticais de duração maior que dos stories e do feed. A inovação, no entanto, esbarra em alguns obstáculos e não conseguiu alcançar o mesmo sucesso a curto prazo que o Instagram Stories.

Para 2019, a tendência é que o Instagram faça grandes investidas para tornar a plataforma mais atrativa para consumidores, criadores de conteúdo e empresas. Possibilitar que os criadores de conteúdo façam dinheiro com este canal através da inserção de anúncios é um dos caminhos que podem ser trilhados este ano – não ter uma recompensa ou possibilidade de monetização, tem tirado dos influencers o ímpeto de gerar conteúdo no IGTV por ser ”de graça”.

Outra investida do aplicativo para o seu canal de vídeo, a “TV postável”, é a parceria que já foi ao ar com o SBT, através da séria #CiladasDeNatal. A rede social e o SBT fizeram uma parceria utilizando três atrizes da emissora: Maísa Silva, Larissa Manoela e Flavia Pavanelli. Episódios curtos, de aproximadamente 3 minutos cada, convidando os usuários para interação estão disponíveis no perfil da emissora, mas não serão exibidos na TV Aberta. A ideia partiu da própria rede social, que vê no SBT um engajamento muito forte com o público jovem no Brasil. O ineditismo do fato está na produção de conteúdo por um canal de TV aberta, no formato vertical, elaborado exclusivamente para a rede social.

Mas, o que você, empreendedor, deve postar no IGTV? Vale a pena investir nessa plataforma? Nós, da Criativa Comunicação Integrada, entendemos que sim, o IGTV pode alavancar os negócios de pequenas, médias e grandes empresas. Primeiramente, um bom conteúdo é aquele que entrega valor para o público consumidor. Você deve conhecer a fundo sua persona e entender exatamente que tipo de vídeo ela consome na internet. Conteúdo didático, entrevistas, feed backs de consumidores e amantes da marca, tutoriais, enfim, são várias as possibilidades de agregar valor ao seu negócio e apresentar-se como autoridade no seu segmento, através do IGTV.

Na época do lançamento dessa plataforma, o então CEO do Instagram, Kevin Systrom, afirmou que meta inicial do projeto era o gerar engajamento, “mas, obviamente é um lugar muito interessante para estar. Haverá muitos criadores de conteúdo ganhando dinheiro na plataforma”. Fica então o anseio dos usuários e grandes marcas pelo avanço do IGTV em 2019, uma vez que a evolução do consumo de vídeos verticais passa quase que exclusivamente pelo Instagram, dada a migração dos usuários de YouTube e Facebook para essa mídia social.

Ainda não conhece o IGTV? Acesse o link https://bit.ly/2JTKDZX e confira a apresentação da plataforma.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn