Dicas não óbvias da Equipe Criativa para enfrentar a quarentena

A grande maioria da população do mundo está passando por um momento de adaptação à quarentena forçada para se proteger do COVID-19. Para que tudo fique mais leve e fácil, pedimos a nossa equipe que elencasse algumas dicas de como enfrentar estes dias da melhor maneira possível. 

Priscila Perovano, redatora, lembrou do texto publicado pelo astronauta aposentado da Nasa, Scott Kelly, que passou quase um ano no espaço. No texto ele diz que é fundamental ter uma agenda do seu dia, com todas as tarefas que você vai executar. Ajuda a se organizar, otimizar seu tempo e não se perder em atividades nocivas. 

Kelly conta que uma das atividades que o ajudou a enfrentar esse período no espaço foi criar uma plantinha, um passatempo muito saudável em que ele se conectava com a Terra, relembrava do som dos pássaros e de como a vida cresce. Fazer exercícios, ter um hobbie e escrever um diário foram as dicas do astronauta para não surtar nestes tempos.

Nossa estagiária Yza dá uma dica de como NÃO proceder durante a quarentena. Ela frisa que se inscrever em muitos cursos ao mesmo tempo pode trazer uma sensação de frustração e aumentar a ansiedade. Vá com calma.

Para Claudio Batista, mídia, ler um bom livro continua sendo uma ótima pedida. Tente se desafiar, ler algo que não está dentro do seu cotidiano. Aprender coisas novas com focos diferentes do que você está acostumado pode trazer novas paixões e revigorar suas opiniões. 

Como mãe e produtora, Daniele Bernabé dá dica para as crianças. Fazer uma gincana que dure a semana inteira. Isso vai ajudar a criança no foco dela e também vai dar uma rotina. 

Samantha, diretora de atendimento, lembrou das iniciativas de ajudar a vizinhança. Em muitos prédios, alguém mais jovem está se oferecendo para fazer compras para os mais velhos. Os idosos fazem a listinha e a pessoa escolhida vai ao mercado. Menos gente na rua, mais proteção para as pessoas que estão no grupo de risco. E é sempre bom ajudar ao próximo. 

Natália, analista de marketing digital, enfatiza que manter contato com a família e amigos é muito importante, mesmo que seja por videoconferência. Conte as novidades, dê ideias, passe o tempo juntos.

Quebra-cabeça de 1000 peças pode ser viciante, diz Victoria, revisora. Ela também curte jogos em geral como baralho, dominó e até aqueles de celular que hipnotizam a gente. 

O isolamento forçado é fundamental neste momento, manter-se saudável física e mentalmente é de extrema importância. Por isso, siga nossas dicas e garanta dias melhores no seu cantinho. E não se esqueça de lavar as mãos. 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn